20.2.14

Coronariografia

Fosse matéria de amor
o que aperta as coronárias,

soma d'ódio com angor,
mas as causas tantas, várias,

serão outras, mais perversas
(e pior que o espessamento

é ver o tempo às avessas
a tracejar o destempo):

se depois do angiotac,
dos ateromas profusos,

da lipotimia, do baque
e dos sintomas difusos,

após o cateterismo,
a longa prova de esforço,

o eco-doppler preciso,
te penduram ao pescoço

a ameaça de enfarte
(como se fora obra de arte):

será matéria de amor
ou de excesso de rigor?

Domingos da Mota

[revisto]

Sem comentários:

Enviar um comentário