15.11.15

Arte menor

O amor é onde
quem o sente e quando
o sentir responde
ao que está buscando

se durante a busca
o que acha é tanto
que a visão ofusca
e cega porquanto

o amor não vê:
tem olhos nos dedos
e gosto no tacto

quando cheira e crê
ouvir os segredos
ocultos de facto

Domingos da Mota

[inédito]

Sem comentários:

Enviar um comentário