22.6.16

Segundo soneto familiar

Por falar dos avós, recordo os tios,
os primos, os sobrinhos, os cunhados
(e alguns dos parentes arredios
que chegaram a ser dos mais chegados),
e da vasta e diversa parentela
aqueles que ganharam, com esforço,
a medalha pendente na lapela
ou a corda apertada no pescoço.
Muita desta família que me coube
no decurso da vida, é natural
que sequer me ligasse, pois nem soube
que seria um deles e, afinal,
não deixo de trazer, levar a marca,
ainda que pequena, pobre, parca.

Domingos da Mota

[inédito]

Sem comentários:

Enviar um comentário