23.10.16

olho

olho que olha
e que desolha
e que malmolha
não me antolha:

olho de lince
de olhar arguto
olho de águia
veloz e agudo

olho que límpido
olho que lúcido
olho que lírico
olho que lúbrico

olho que é
astigmático
de olhar concreto
de olhar abstracto

Domingos da Mota

[inédito]


Sem comentários:

Enviar um comentário