22.11.16

motete sobre comentários

não te beijo o coração
(no coração não dou beijos)
e nem mesmo a tua mão
oscularei; nos ensejos

para beijar, beijarei
os teus lábios, o teu rosto
e onde quer que eu sei
que tu gostas e eu gosto.

imagina só abrires
o teu peito no bloco
operatório e fruíres
do meu beijo aí, in loco,

no coração: que diriam
desse beijo arriscado
o próprio cirurgião
e o anestesista ao lado?

Domingos da Mota

[inédito]

Sem comentários:

Enviar um comentário