17.12.16

O tempo exacto

Dia após dia, mais um passo em frente,
um passo que se dá, mesmo parado,
e o tempo continua indiferente
a quem vai devagar ou apressado:
se o tempo, para alguns, passa depressa
e para outros é muito demorado,
com tempo para duas de conversa
e até para olhar para o passado,
sendo a noção do tempo variável
em função do espaço que o circunda,
do acaso que surde, imponderável,
ou da necessidade mais profunda,
soubesse eu apurar o tempo exacto
que separa o concreto do abstracto

Domingos da Mota

[inédito]

Sem comentários:

Enviar um comentário