15.4.17

MOAB

que filhos há-de
parir a mãe de
todas as bombas?

que terríveis
hecatombes haveremos
de carpir?

que mostrengo do
seu ventre aguardaremos
que expluda

tendo em conta a voz
aguda do desmando
altipotente? 

Domingos da Mota

[inédito]

Sem comentários:

Enviar um comentário