1.2.16

BAH!

Fora os livros não vejo
muita outra coisa
a que possa chamar
minha propriedade

a gilete? o pente
imitação tartaruga? a tesoura
das unhas?

nem mesmo a roupa
enchendo todo um armário
que se queima com o suor
gasta rasga
desfia em pouco tempo
condenada
por um corpo infeliz
e quando nova a estrear
faria talvez já
as delícias do adelo

álbuns de fotos?
estojo caneta-lapiseira?
pesa-papéis
deitando a sua neve falsa
sobre o castelo alemão?

inclusive o carro
envelhece mês a mês 
sem uso: o prazer de guiar
é coisa dos anúncios
e a gasolina cara
e para quê tirá-lo da rua
para arrumá-lo aonde?
guiem agora as filhas

                                      Lisboa
                                          15-II-94
                      Vilagarcia de Arousa
                                       31-VIII-95

Fernando Assis Pacheco

RESPIRAÇÃO ASSISTIDA, Assírio & Alvim, Novembro 2003

Sem comentários:

Enviar um comentário