15/06/2016

[Vozes que a noite arrasta]

Vozes que a noite arrasta
inapreensíveis passagens
para o que é alto
puro e delicado
determinando-te
a partir de outra obscuridade

Luís Falcão

Bruma Luminosíssima, Artefacto, Maio de 2016

Sem comentários:

Enviar um comentário