29/01/2017

auto-retrato 60

depois temos o resto da vida

e não chega

para descobrir que no seio materno
já havia uma gramática

Paulo José Miranda

auto-retrato, abysmo, Lisboa, Abril, 2016

Sem comentários:

Enviar um comentário