03/01/2017

Nós, deste tempo, avessos

Nós, deste tempo, avessos, imprecisos,
hóspedes, apóstrofes, relicários, suaves
por dentro, velozes na intimidade, leves,
rubros, talvez sentimentais, a quem é dito
que de nada vale antever erros ou soltura
encher a cabeça de desejos facas fumos
guerras surdas quartos vidas coisas vagas

Nós que com aspirinas esfareladas
nas gavetas umas poucas gravações
piratas de vozes amargas de amores
antigos em trampolins e em torno
ecrãs sem raízes, nervuras, biombos,
ecos, dentes, língua, fita-cola, saliva,
elegias, custos de vida, falésias, tudo,
vamos antevendo os erros e a soltura

Miguel Cardoso

Víveres, Edições tinta-da-china, Lda.,Lisboa, Julho de 2016

Sem comentários:

Enviar um comentário